sabor-natural-chapada-diamantina

3/03/2011

Grupos da agricultura familiar se articulam em redes de economia solidária

por

No Semiárido tem se expandido cada vez mais os grupos que, por meio do cooperativismo e do associativismo, produzem e comercializam diversos produtos, em geral, oriundos da caatinga. A experiência da Rede Sabor Natural do Sertão tem comprovado que esta é uma forma viável de geração de renda, garantindo a permanência de muitas famílias no campo.

A articulação em rede facilita o acesso dos grupos organizados às políticas públicas voltadas para a comercialização. A participação em feiras e eventos organizados pelo poder público ou a inserção em programas governamentais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), por exemplo, acontece de forma mais fácil quando os grupos estão organizados em rede.

O Irpaa, a partir do trabalho de difusão da proposta de Convivência com o Semiárido nos municípios de Uauá, Curaçá e Canudos, contribuiu com a criação da Rede Sabor Natural do Sertão (RSNS) que teve início em 2005. Hoje a Rede atua nos estados da Bahia, Pernambuco e Piauí através de 4 núcleos regionais e conta com o apoio de diversas entidades preocupadas em fomentar as ações de Convivência com o Semiárido.

Integram a Rede associações, cooperativas e grupos informais que trabalham com o beneficiamento de frutas e leite, extração de mel, produção de artesanatos, entre outras atividades, totalizando aproximadamente 80 grupos nos três estados. No Território Sertão do São Francisco, na Bahia, 13 grupos hoje compõem a RSNS , número que tende a aumentar a partir da organização de novos grupos que estão iniciando o processo de organização.

Este ano, mais duas minifábricas de beneficiamento serão construídas no Território, uma ação do Projeto Recaatingamento, desenvolvido pelo Irpaa, com o patrocínio da Petrobras. Os grupos que já estão se constituindo nas comunidades poderão participar da Rede Sabor Natural do Sertão, fortalecendo assim as políticas de comercialização dos produtos.

Espaço de ação política

A Rede Sabor Natural do Sertão tem como objetivo principal promover a articulação e mobilização das organizações representativas dos trabalhadores e trabalhadoras rurais e comunidades tradicionais em prol de seus interesses coletivos. Em seus objetivos específicos destaca a defesa dos interesses políticos, econômicos, sociais e ambiental sustentável das organizações participantes, a promoção de capacitação das organizações integrantes, a articulação e mobilização dos grupos para produção e comercialização e fortalecimento das organizações fundamentada nos princípios da economia solidária.

A soberania alimentar, igualdade de gênero, raça e etnia, agricultura familiar, economia solidária e conservação dos recursos naturais constituem os princípios da RSNS que atua a partir de algumas linhas, como capacitação e formação; produção, beneficiamento e certificação; comercialização; gestão da marca; articulação e mobilização; comunicação e marketing.

Fonte: www.irpaa.org / www.recaatingamento.org

O Sol do Sertão desperta a docura das frutas e a coragem de viver
DoDesign-s Design & Marketing