sabor-natural-sertao-bahia

Histórico

A Rede Sabor Natural do Sertão, RSNS, surgiu no estado da Bahia a partir de um trabalho desenvolvido pelo IRPAA – Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada junto às mulheres moradoras das comunidades rurais de Canudos, Uauá, Curaçá em parceria com a Pastoral Rural da Diocese de Paulo Afonso e Juazeiro.

O foco principal desse trabalho foi discutir as relações igualitárias de gênero, o papel e a participação da mulher e dos jovens, de modo ativo, nos espaços de decisão, seja no âmbito da família, da comunidade ou das organizações.

Em 2000, o trabalho da RSNS começou a ganhar visibilidade. As famílias se organizaram em torno de um grupo denominado “Grupo Unidos no Sertão” cujo objetivo era articular e organizar os diversos grupos que despontavam nas comunidades. A finalidade era buscar aperfeiçoamento profissional para a melhoria da qualidade dos produtos e continuar incentivando a inserção de novas comunidades no trabalho de processamento da produção. Desse modo, surgiu a idéia da criação de uma marca: “O sabor natural do sertão”.

A partir de 2003, foram se incorporando a este espaço vários grupos, tais como: cooperativas, associações, ONGs, articulações, organismos da igreja católica e grupos informais e foi-se desenhando em formato de Rede, a que se constituiu “Sabor Natural do Sertão”.


O Sol do Sertão desperta a docura das frutas e a coragem de viver
DoDesign-s Design & Marketing